Monumentos do nosso Brasil – O cocozão de Ponta Grossa

Publicado 28 de fevereiro de 2007


No mundo existem inúmeros monumentos estranhos e até bizarros, e um deles é o “cocozão” que fica na cidade de Ponta Grossa, no interior do Paraná.


Para quem não conhece ou nunca ouviu falar, o “monumento” acima que custou uma quantia significativa aos cofres públicos, se encontra na cidade de Ponta Grossa-Pr, em uma rotatória na frente a entrada do campus da UEPG – Universidade Estadual de Ponta Grossa, o “artista” que desenvolveu essa obra diz que ela representa o pinheiro Araucária, uma árvore em extinção no Brasil.
cocozao_ponta_grossa_uepg.jpg

No entanto devido as características da obra, esse “monumento” foi batisado carinhosamente pela população de “cocozão”, segundo estudos esse seria o maior “coco” suspenso do mundo. Para quem ficou curioso e quer saber mais sobre essa grande obra pode participar da comunidade do orkut Cocozão de Ponta Grossa, com mais de 4200 mil membros.

Atualização
Infelizmente o monumento, que foi carinhosamente batizado pela população de “cocozão”, teve um triste fim, pois devido a um enxame de abelhas terem se instalado no topo da escultura, foi necessário chamar uma equipe para remover os insetos, porém durante esses trabalhos, o “cocozão” acabou pegando fogo, conforme as imagens abaixo, você poderá verificar os fatos!
cocozao queimando

Essa próxima imagem, dos bombeiros apagando o incêndio é cômica, até parece ser uma montagem, mas na verdade é a mais pura realidade do que aconteceu com esse monumento e com o dinheiro público, esta foto eu recebi por e-mail algum tempo atrás, por isso não tenho informações do fotografo para deixar os devidos créditos, por isso se você sabe quem tirou essa bela foto dos momentos finais do cocozão não deixe de informar para que possamos deixar os devidos crédito para o autor dela.
Atualização: Conforme comentários deixado pelo Guto Souza, a foto dos bombeiros apagando o incêndio é do fotógrafo Henry Milléo(fotógrafo da Gazeta do Povo).
cocozao queimando em ponta grossa

E você amigo leitor, que mora em Ponta Grossa e região, teve a oportunidade de conhecer de perto esse grande monumento que infelizmente foi destruído pelo fogo?

Ao vivo, ele era realmente o que todos comentavam a seu respeito? Ou tudo não passava de intriga da oposição e de pessoas que não sabem admirar o que é arte de verdade?


Leia:

Comente via Facebook, ou diretamente no site utilizando o formulário no final da página:

24 ideias sobre “Monumentos do nosso Brasil – O cocozão de Ponta Grossa

  1. Rafael SLonik

    Ponta Grossa é uma cidade particular. Tem dono, um coco suspenso e uma rodoviária fantasma.

  2. Dud@

    Isso é verdade Rafael, Pgland pode ser comparada como uma lenda urbana…rs abraços

  3. Emerson

    Moro em Ponta Grossa, e tenho orgulho de ser pontagrossense. No entanto, essa M…a aí da foto nos envergonha. E não é só ela, a nossa rodoviária é o caos total.
    Sobre o valor do COCOZÂO, a informação que ele custou mais de 100.000 está certa. Nas verdade, ele custou aproximadamente 300.000 reais. Absurdo!!!

    Tem uns vereadores que estão com um projeto para por essa M…. abaixo, mas tem muita gente que é contra.
    Vai entender essa gente.

  4. Jean

    Eu sou de ponta grossa e adoro minha cidade. Este monumento só valoriza ainda mais a população.

  5. monica

    Olha eu nao achei muito bonito e nem feio…
    mais achei muito legal por voces terrem botado isso…
    e faz com que as pessoas valorizem a sua populaçao …
    porque quem preserva tem e quem nao preserva nao tem.
    muito bem, PARABENS…!

  6. Eu

    Jean, o quê você quis dizer com “Este monumento só valoriza ainda mais a população”?!

  7. Romulo

    tbm sou de pg
    O prefeito pericles de holleben mello encomendou esta obra, pára fazer uma homenagem de uma ararucaria, árvore típica do Paraná, q esta em extinção.
    O monumento é feito de arenitos do parque nacional de vila velha, um dos pontos turisticos de pg.
    Mas o arquiteto q fez m… e q m…
    e ainda agora tem um belo ninho de vespas para enfeitar a grandem… rsrsrsrsrs

  8. Koinha

    Corrigindo!!
    E se pintassem de verde, acho que pareceria menos com um cocozão!!!!!!!!!

  9. Luiz

    THE END COCOZÃO
    Prefeitura vai retirar Monumento Campos Gerais
    Publicado em: 21/02/2009 00:00 Da redação
    O Monumento Campos Gerais, erguido em frente ao Campus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), será retirado hoje pelos funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos. No início da tarde de ontem, bombeiros controlam princípio de incêndio na copa da estrutura, que simboliza um pinheiro, árvore característica da Região dos Campos Gerais. As chamas tiveram início após a retirada de enxame de abelhas instalado na copa do monumento, feita em fibra. Porém, antes do incidente, a retirada do monumento já havia sido solicitada pelo ex-prefeito Péricles de Holleben Mello, hoje deputado estadual. “A opinião pública foi contra, e o objetivo não foi alcançado, o monumento virou motivo de chacota, mas o projeto era diferente, em que a copa da Araucária pareceria suspensa entre as hastes de pedras, a copa se moveria nos dois sentidos, horizontal e vertical, e o movimento da água seria para cima, mas infelizmente não deu certo, o conteúdo foi destruído e a obra perdeu o sentido”, complementa.

    O deputado esclarece que o monumento custou R$ 80 mil. “O custo total de R$ 300 mil inclui a rotatória, que continua no local e é importante para o tráfego de veículos, além do espelho d’água que só precisa de uma manutenção para que volte a funcionar, e pode ser utilizado”, calcula. Segundo Wosgrau, a Prefeitura já havia recebido outras solicitações para a retirada do monumento, que alegavam que ele depunha contra o Município, por ser classificado como um símbolo negativo para a cidade. Depois de ter o monumento retirado, será feito um projeto de paisagismo no local. “No decorrer do tempo, trabalharemos em outro projeto mais barato e que deixe uma imagem positiva de Ponta Grossa”, concluiu Wosgrau.

  10. Carlos Alberto P Silva

    Bem, esse cocozão acabou fazendo com que muitas pessoas ficassem sabendo que essa cidade existe e até onde fica !!!!

  11. Mak-PG

    P*t* sacanagem! Demolir custa dinheiro, sei que é uma m*rd* vergonhosa, mas serve pra lembrar em votar com consciência. Apagando isso, capaz de o povo fazer outra m*rd* porque esqueceu o que já fez. Agora uma coisa vocês tem que concordar, nossa cidade agora é conhecida mundialmente, coisa que nem conseguimos fazer por algo positivo, então que seje de modo engraçado. :)

  12. sergio

    cocozão é apenas uma obra que finaliza o que foi feito na av general carlos cavalcante … um bom lugar para esta obra seria no quintal de um morador da vila militar bem em frente a farmacia monteiro que cortou uma araucaria que deveria ter meio seculo. cortar araucaria tambem é fazer uma caca…

  13. Luiz Santos

    Fim
    No dia 21 de mar 2009, a prefeitura do munícipio de Ponta Grossa, após um pedido do governador do estado retirou o monumento em frente a UEPG, no local será feito obras de paisagismo. Cocoz… só
    nas fotos e na memória de quem conheceu.

  14. ariel camilo da costa

    Realmente a obra é muito ruim, eu diria péssima, e logo numa cidade que já é um tanto melancólica.
    No CHILE na cidade de CAÑETE um cara tbm teve a ”brilhante” ideia de fazer algo parecido, em ferro tbm ,e fez várias, e no meio da calçada hahaha….mas sempre tem esses ”artistas” q querem se aprarecer a qualquer custo,e levar uma grana dos cidadões.

  15. Vrenna

    “Representa o pinheiro Araucária”, o cara fumo quantas árvores pra faze isso?

  16. Richard

    Esse cocozão é uma vergonha isso sim…em vez de o governo gasta com coisas que realmente importam eles estão gastando com me……..

  17. eduardoPG

    o cocozão foi removido faz tempo,mas eu conheci,eu moro no bairro que essa m… costumava ficar…

  18. Guto Souza

    A imagem com os bombeiros é de autoria de Henry Milléo, fotógrafo da Gazeta do Povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*